Novo Cejusc é instalado em Jarinu

Unidade de Rio Claro promove curso para conciliadores.

 

A Comarca de Jarinu inaugurou, na última sexta-feira (18), o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). Esta é a 272ª unidade de centro de conciliação (somados os Cejuscs e os postos de atendimento) a funcionar no Estado de São Paulo. A implantação do novo Cejusc oferecerá aos cidadãos da região um ambiente humanizado para solucionar conflitos de forma consensual por meio de sessões de conciliação e mediação processuais, pré-processuais, bem como atendimentos e orientações.

Os Cejuscs atendem gratuitamente demandas das áreas Cível e de Família, tais como Direito do Consumidor, cobranças, regulamentação ou dissolução de união estável, guarda e pensão alimentícia, regulamentação de visitas, entre outras. Não há limite de valor da causa. O interessado procura o Centro Judiciário para tentativa de acordo e sai com data e horário em que deve retornar para a sessão de conciliação. A outra parte recebe uma carta-convite. No dia marcado, conciliadores ou mediadores auxiliam os envolvidos a buscar uma solução para o problema, sob supervisão do juiz coordenador. Se houver acordo, ele é homologado pelo magistrado e tem a validade de uma decisão judicial.

O desembargador José Carlos Ferreira Alves, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJSP, representou o presidente da Corte na solenidade, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças. O juiz Ronnie Herbert Barros Soares representou o vice-presidente do Tribunal, desembargador Artur Marques da Silva Filho.

Também participaram do evento o juiz diretor do fórum e coordenador do novo Cejusc de Jarinu, Rogério Correia Dias; os juízes diretores dos Fóruns de Atibaia e São Bento do Sapucaí, José Augusto Nardy Marzagão e Fábio Franco de Camargo, respectivamente; a juíza Ana Paula Schleiffer Livreri, que representou o juiz diretor do Fórum de Bragança Paulista; os juízes Adriana da Silva Frias Pereira, Carolina Cheque de Freitas, Isadora Botti Beraldo Montezano e José Augusto Reis de Toledo Leite; a prefeita de Jarinu, Eliane Lorencini Camargo; o prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza; o presidente da Câmara Municipal de Jarinu, Carlos Rodrigo Batistel; o presidente da Câmara Municipal de Bom Jesus dos Perdões, Edson De Souza Lima; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – 69ª Subseção de Atibaia, Elson de Araújo Capeto; o bispo Dom Paulo Perboni; o ex-secretário de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo Nagashi Furukawa; defensores públicos; secretários; vereadores; militares; procuradores; empresários; e servidores.

 

        Serviço

        Cejusc de Jarinu

        Endereço: Avenida da Saudade, 70 – Jardim da Saúde – Jarinu/SP

        Horário de funcionamento: das 9 às 17 horas

        E-mail: cejuscjarinu@tjsp.jus.br

 

 

Cejusc de Rio Claro realiza curso de mediação

O Cejusc de Rio Claro realizou, entre os dias 13 e 20 de janeiro, curso para 16 novos mediadores. As aulas, oferecidas gratuitamente, foram ministradas pelos instrutores Ana Maria da Silva Oliveira e Roberto Ferro, ambos cadastrados no Nupemec. Os novos mediadores atuarão em Rio Claro e Araras, comarca que também apoiou a realização do curso.

O juiz coordenador do Cejusc de Rio Claro, Wagner Carvalho Lima, destacou que a mediação e a conciliação são um novo paradigma para a Justiça. “A formação, capacitação e aperfeiçoamento de mediadores e conciliadores é de extrema importância para o fortalecimento da política pública de tratamento adequado de conflitos, cultura da paz e acesso à Justiça”.

 

        Comunicação Social TJSP – SB (texto) / divulgação (fotos)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail